segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Resenha: Todo Dia, por David Levithan

Livro: Todo dia;
Título original: Every Day;
Autor(a): David Levithan;
Ano de publicação: 2012;
Páginas: 279;
Editora: Galera Record;
ISBN: 9788501099518

Em "todo dia" conhecemos o hospedeiro "A", que é um ser que não podemos classificar como menino ou menina, pois todos os dias "A" habita um corpo diferente, mas não tão diferente assim. "A" tem por volta de 16 anos e ele sempre fica em corpos cuja idade seja parecida com a dele. Por exemplo, quando ele "nasceu" ele habitava corpos de bebês e assim por diante.

"A" estabeleceu uma regra para sua existência, que era não interferir na vida das pessoas. No primeiro capítulo porém, ele habita o corpo de Justin e acaba se apaixonando por uma garota e sem querer muda algumas coisas.

As pessoas não dão valor à continuidade do amor, assim como não dão valor à continuidade do corpo. Não percebem que a melhor coisa sobre o amor é sua presença constante. Assim que você estabelece isso, sua vida ganha uma base extra. Mas se você não pode ter essa presença constante, só tem uma base para sustentá-lo, sempre.



Com isso, esse "ser" ao longo da história sempre irá procurar maneiras de reencontrar essa tal garota. O que pode ser muito perigoso e não dar tão certo assim. Para saber se ele vai ou não encontrá-la e saber se esse amor vai dar certo, vocês terão que ler, pois se não será spoiler.

Basicamente a história é essa, parece ser simples mas tem uma pegada muito boa. Não conhecia a escrita do David Levithan e me apaixonei, desde o começo o livro me prendeu de uma forma que eu não conseguia pensar em mais nada. Passavam-se 20, 30 páginas e eu nem via, a história fluiu perfeitamente.

O autor cria também vários personagens distintos uns dos outros, as vezes "A" habita um corpo de um adolescente todo certinho e no outro dia de um todo errado. E isso foi uma coisa ótima, já que toda vez que terminava um capítulo eu queria começar o próximo para saber como iria ser a próxima pessoa.

O livro é narrado em primeira pessoa pela visão do próprio "A". O que é muito triste já que vemos perfeitamente o que ele pensa sobre tudo e de como queria que não fosse assim, ao mesmo tempo que ele sabe que não tem como mudar isso. Fiquei muito emocionada em várias partes pelo modo como o personagem descreve as coisas. Esse com certeza foi um dos pontos positivos.

Como se não bastasse tudo isso, a história é cheia de reviravoltas que faz o leitor ficar boquiaberto, o mais legal é que nenhuma dessas reviravoltas são previsíveis.

A capa é linda, as nuvens, os corpos levitando, tudo muito a ver com a história, só achei que a cor amarelada não ficou muito boa, mas nada que deixasse a capa feia. A diagramação está boa, com fonte e espaçamento grandes. Encontrei alguns errinhos básicos ao longo da história, mas não atrapalhou a leitura.

Recomendo este  livro para todo tipo de leitor, tem um pouco de romance mas nada que deixe meloso. Leiam  este livro, é incrível.


Classificação:

E pra quem quiser, fiz uma resenha em vídeo desse livro. Assistam!

22 comentários:

  1. Oii tudo bem?
    Estou bastante tempo na duvida se eu leio o livro ou não, já li inúmeras de resenhas, enfim mas vou dar chance ao livro e todos do autor, já que li o Will & Will por causa do John hehe gostei de sua resenha flor *-*
    Beeijos - Doce Literário (tem post novo)
    http://doceliterario.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá Bianca! :D

    Menina, eu amo este livro <3 O autor me fez ter uma visão completamente diferente sobre muitas coisas! Os preconceitos que ele cita, a forma de pensar... eu nunca me considerei uma pessoa preconceituosa, que diferenciasse o homem da mulher e tudo mais... mas depois de ler este livro, percebi que minha cabeça estava completamente errada. Ele abriu muito a minha mente, e é realmente recomendável para todo tipo de leitor! Amei a resenha <3

    Beijos,
    Ana M.
    www.vicioemlivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana, exatamente isso, o autor nos abre a mente de uma forma indireta e é ótimo.
      Beijos e que bom que gostou.

      Excluir
  3. Eu li esse livro cheia de expectativas, achei bom, mas nada tão extraordinário. Claro que a forma que ela aborda o assunto é incrível e a premissa do livro é única...

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Inês, cada um tem uma visão diferente não é mesmo?
      Beijos.

      Excluir
  4. Bianca, fiquei fissurada pela narrativa de David a partir desse livro! Ele tem uma capacidade incrível em criar personagens e esse livro com certeza virou o meu favorito também. Estou lendo um outro livro dele, o "Invisível", e o personagem também é bem diferente! Leia-o também, pois vai amar! <3

    Beijos,
    Caroline, do criticandoporai.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Carol, dizem que "Invisível" não é tão bom quanto Todo Dia. Mas irei dar uma chance pra esse livro, obrigada pela indicação.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Oi Bianca, que bom que você gostou! Eu também achei incrível! Adorei tua resenha, beijão!
    entreeleitores.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, gostei demais. Obrigada Jessica, que bom que gostou.
      Beijos.

      Excluir
  7. Ótima resenha, quero ler esse livro há muito tempo e a história dele parece ser muito bonita, vou adiantar logo a leitura dele!
    http://pactoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ana, leia pois esse livro é incrível!
      Beijos.

      Excluir
  8. Oi, Bianca! Nunca li este livro, mas vontade não falta isso posso te garantir. Sua resenha está ótima e vou ler assim que puder e tiver dinheiro para comprar.

    Beijos
    www.amorliterario.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fernanda, leia e você não irá se arrepender.
      Muito obrigada, viu?
      Beijos.

      Excluir
  9. Oi Bianca!
    Já li esse livro e realmente me encantei com a narrativa contada pelo David Levithan. Ele é um autor muito bom e que me surpreendeu em várias partes do livro, principalmente no final. Fiquei esperando uma coisa e dei de cara na porta.... hahahahaha Adoro surpresas que me deixam assim.

    Beijos
    Aline
    Memoirs and Books

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Aline, o melhor desse livro é que ele é imprevisível. Isso com certeza foi o ponto mais positivo dessa história.
      Beijos.

      Excluir
  10. Eu já tinha ouvido falar do livro, mas ainda não tinha visto nenhuma resenha dele, sua resenha ficou muito boa, fiquei com muita vontade de ler!
    Beijos
    www.dosedeilusao.com

    ResponderExcluir
  11. Gente! Estou procurando esse livro tem uns meses... e nunca acho. Parece que sumiram com ele hahahaha adoreeeeeei a história, demais demais. E adoro o David. Quero muito lê-lo. <3
    Parabéns pela resenha, bia. Tá linda como sempre :3
    whoosthatgirrl.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Renata, no submarino você encontra esse livro facinho.
      David Levithan é tudo <3
      Muito obrigada, beijos.

      Excluir
  12. Oi Bianca, tudo bem? Esse foi o primeiro livro eu li do David adorei a escrita do autor e com certeza irei conferir seu outros trabalhos. Confesso que senti uma tristeza por A ter que passar por tudo o que passou...
    Beijos,
    Andréia - StarBooks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Andréia, senti muita pena de A também, por um lado é muito triste sua história.
      Beijos.

      Excluir