sábado, 28 de junho de 2014

Sorteio: Cheio de Luxúria [TRILOGIA COMPLETA]


     Que tal um sorteio para animar as férias? Em parceria com a Editora Leya, os blogs Sem Querer me Intrometer e Lendo com a Bianca se juntaram para presentear um sortudo com a trilogia Luxúria (Luxúria No Limiar do Desejo + Tentação) , da autora Eve Berlin. Se animou? Então aproveita que tá super fácil participar e não perca essa chance. 

Regras obrigatórias: 
• Curtir as páginas dos dois blogs no Facebook.
• Curtir a página da editora Leya no Facebook.
• Informar um e-mail para contato.
Preencher corretamente o formulário abaixo para validar a participação.

Chances extras:
• Seguir as outras redes sociais dos blogs (twitter e Google Friend Connect). 
• Compartilhar de forma pública o banner da promoção no Facebook.
• Divulgar a promoção no twitter.

     ATENÇÃO: Por tratar-se de uma trilogia com conteúdo erótico, recomenda-se que apenas maiores de 18 anos participem. Os blogs não se responsabilizam por possíveis problemas relacionados a esse tópico.
     Para que não hajam dúvidas, não se esqueçam de ler o Terms & Conditions (no final do formulário).

     Boa sorte a todos! ;)

     

quarta-feira, 25 de junho de 2014

Top 5: livros que vão te fazer chorar

Olá leitores, como vocês estão?
Faz um bom tempo que eu não faço um top aqui no blog, hoje resolvi trazer um "Top 5 livros que vão te fazer chorar". Eu, particularmente sou uma pessoa que (quase) nunca chora lendo livros, então se eu chorei com esses que vou citar é por que me tocaram de verdade.
Vamos lá.

sexta-feira, 20 de junho de 2014

Li até a página 100 e... "Ladrão de Olhos"



Li até a página 100 foi criado pelo blog Eu Leio, Eu Conto. Consiste em responder algumas perguntas do livro no qual estamos lendo, achei bem legal e resolvi participar sempre (ou quase sempre) que ler um livro.

Primeira frase da página 100:
“O homem chegou mais perto, levando a mão à arma.”

Do que se trata o livro?
Ladrão de Olhos é uma história que conta  vida de Peter Nimble, um garoto cego que foi abandonado pela sua família quando ainda era um bebê.  Peter é adotado por um cara maldoso e é treinado para ser um ladrão. Até que um dia ele conhece um caixeiro viajante que tem pares de olhos mágicos, com isso sua vida muda da água pro vinho.

O que está achando até agora?
Confesso que não gosto muito de histórias que fogem da realidade, mas esse livro tem uma escrita tão gostosa que estou me envolvendo muito. 

O que está achando do personagem principal?
Peter é uma criança inocente em que as pessoas fazem maldade com ele. Estou adorando a forma como ele “vê” o mundo, sim entre aspas, pois ele é cego mas enxerga muitas coisas.

Melhor quote até agora:
“Resumindo, sonhava em ser feliz. Mas era apenas um sonho.”

Vai continuar lendo?
Com certeza, estou fascinada pela narrativa e pela história em si.

Última frase da página:
“Ora, garoto, vocês chegaram aos Desertos Justos. E ficarão por aqui por muito, muito tempo.”



quinta-feira, 19 de junho de 2014

TAG: Como eu leio



Olá leitores, o blog foi indicado para mais uma TAG super divertida. Quem me indicou foi a Jéssica do blog Entre Leitores.
Vamos as perguntas.

Como você descobre novos livros para ler?
Sempre entro no nosso querido submarino, leio os títulos e se me interessar eu comprou. Ah, por indicações de alguns blogs também.

Como você entrou no mundo da leitura?
Aos meus cinco anos quando nem sabia ler ainda, meu irmão mais velho me deu uma coleção de fábulas que tinha livros como "João e o pé de feijão", "Bela Adormecida", entre outros. Eu não sabia ler na época, então apenas olhava as imagens e inventava minhas próprias histórias e simplesmente amava. E foi assim que comecei no mundo da leitura.

Como o seu gosto literário mudou com o passar do tempo?
Não sei exatamente como foi, só sei que ultimamente não estou mais conseguindo ler livros que antes eu leria em apenas um dia. 

Com que frequência você compra livros?
Ultimamente eu estava comprando compulsivamente, mas aí percebi que minha estante estava ficando muito cheia e eu não estava dando conta de ler todos os livros. Então resolvi não comprar mais livros até ler todos os que eu tenho.

Como você entrou nesse mundo de canais literários?
Não tenho vlog, apenas blog. Eu sempre gostei de livros e de escrever, queria dar dicas de leitura para outras pessoas, resolvi então criar o blog.

Como você reage quando não gosta do final de um livro?
Fico brava ao extremo e com ressaca literária. É triste.

Com que frequência você espia a última página de um livro para ver o final?
Quase nunca, mas esses dias tive a grande ideia de ver a última página do livro "Em Chamas" e me dei mal, vi um baita spoiler 

Quem você vai marcar para responder a tag?
Quem quiser que fique a vontade, hahaha.

Espero que tenham gostado, até a próxima.

domingo, 15 de junho de 2014

Resenha: A Garota Americana, por Meg Cabot

Livro: A Garota Americana;
Título original: All American Girl;
Autor(a): Meg Cabot;
Ano de publicação: 2009;
Páginas: 347;
Editora: Galera Record;
ISBN: 8501066966

Samantha Madison é uma garota americana apaixonada pela e arte e principalmente por desenhar. É a filha do meio e ama o namorado da sua irmã mais velha. Mas  o maior problema de tudo é que um dia seus pais descobrem que ela está vendendo desenhos de artistas famosos e com isso suas notas em alemão ficam péssimas. Se já não bastasse ser a filha do meio esquecida e deixada de lado, sua vida piora quando seus pais resolvem a colocar em uma aula de arte. O que é um pesadelo, já que na mente dela, um artista tem que ter suas próprias ideias e isso irá ofuscar todo o seu talento.

Chega então o dia e ela vai a aula e se decepciona quando Susan Boone (a professora) diz a ela que ela não desenha o que vê, e sim o que imagina, o que é inaceitável.

Sam resolve então matar aula e o imprevisível acontece no dia em que ela resolve não voltar na aula de Susan, ela salva a vida do presidente dos Estados Unidos de um tiro. Sua vida então vira de cabeça para baixo e acontece um turbilhão de coisas ao mesmo tempo. Dentre elas, Sam conhece David (o filho do presidente) é chamada para andar com a  turminha popular e se apaixona por um garoto sem perceber.

E assim a história vai se desenrolando, com a Sam tentando fazer sua vida voltar ao normal novamente.

Resolvi ler outro livro da Meg e me decepcionei novamente. "A Garota Americana" para mim foi um livro superficial demais, ficou na cara o que iria acontecer desde o começo e a personagem não tem personalidade e simplesmente não se decide no que quer. Isso me irritou ao extremo e me fez demorar duas longas semanas para ler, apesar de a escrita ser leve e engraçada.

A diagramação está ótima, o que contou para eu não dar poucas estrelas para esse livro, as letras são grandes, o espaçamento bom, as folhas são amarelas mas em compensação são grossas, o que não atrapalha em nada na leitura.

Não recomendo este livro para quem quer uma história diferente, pois é um livro convencional, mas para passar o tempo é ótimo.

Classificação:

segunda-feira, 9 de junho de 2014

Minha primeira tatuagem


Olá leitores, tudo bom? Hoje vim com um post um pouco diferente dos convencionais. A um tempo atrás eu fiz um post sobre tatuagens inspiradas em livros, hoje vim trazer algumas dicas para vocês que pretendem fazer tatuagens algum dia.

No dia 26 de maio (2014) fiz minha primeira tatuagem  com o nome do meu irmão e com o símbolo do infinito em baixo, como vocês podem observar na foto. Aqui vão algumas dicas do que eu tive que fazer.

quinta-feira, 5 de junho de 2014

5 livros para ler nesse dia dos namorados.


Olá leitores, tudo bom? O dia dos namorados está chegando, junto com esse friozinho que está fazendo nada melhor do que ler. Se você não tiver namorado(a) e irá passar sozinho, não tem problema, por que  ler um  livro é uma ótima companhia, e mesmo se você tiver namorado, por que não os dois lerem?
Pensando nisso, separei alguns livros que eu já li e outros que pretendo ler que são bem água com açúcar. Confira:

terça-feira, 3 de junho de 2014

Resenha: Todo Garoto Tem, por Meg Cabot

Livro: Todo Garoto Tem;
Título Original: Every Boy Got's One;
Autor(a): Meg Cabot;
Ano de publicação: 2008;
Páginas: 380;
Editora: Galera Record;
ISBN: 8501077143


Holly Caputo e Mark Levine estão fugindo para se casarem em segredo na Itália, longe dos Estados Unidos e longe da família, pois a religião de ambas são totalmente diferentes (uma é católica e a outra judia).

Os amigos do casal, Jane Harris e Cal Lagdon se conhecem através de Holly e Mark. É ódio á primeira vista, Jane é uma cartunista de uma história em quadrinhos super famosa, a Wondercat, já Cal é um jornalista de renome que tem um livro publicado e que está em segundo na lista de mais vendidos. Mas o que mais intriga Jane em relação ao Cal é o fato de ele não acreditar em amor e não querer que seu melhor amigo (Mark) se case.

Jane se vê sem saída quando as papeladas do casamento está á um fio de dar errado, ela então tem um plano, só que irá precisar de Cal para executá-lo, será que eles irão deixar as brigas de lado e se juntarem para ajudar os amigos? Á muitas intrigas entre eles durante esse tempo, eles acabam brigando até via e-mail e isso pode render boas risadas aos leitores.


"Cal: Vamos lá. Me dê uma chance de eu provar a você que tenho.
Jane: Tem o quê?
Cal: Coração."

domingo, 1 de junho de 2014

Resenha: Os 13 porquês, por Jay Asher

Livro: Os 13 Porquês;
Título Original: Thirteen Reasons Why;
Autor(a): Jay Asher;
Ano de publicação: 2011;
Páginas: 251;
Editora: Editora Única;
ISBN: 9788508126651


Depois de acontecer um suicídio de uma adolescente (não é spoiler, isso tem escrito na sinopse do livro), a vida de 13 pessoas muda completamente. Hannah (a garota que se suicidou) deixou sete fitas cassetes para 13 pessoas que de alguma forma são culpadas de seu suicídio.