domingo, 24 de maio de 2015

Evento Livros em Pauta

Em sua quinta edição, Livros em Pauta ampliou programação para contemplar também o universo das histórias em quadrinhos, games e jogos de RPG. Todas as atividades são gratuitas, abertas ao público e com censura livre.
Concebido como um encontro de profissionais e público ligados ao livro e à literatura, o Livros em Pauta - que realiza sua quinta edição no dia 30 de maio, em São Paulo – ampliou a programação para contemplar outras áreas de interesse: quadrinhos, cinema, séries de TV, RPG, games e outros produtos relacionados à cultura pop.
O consumidor de livros, ao longo dos anos, passou a apreciar outros tipos de mídias correlatas. Basicamente, essas pessoas consomem histórias, não importando em qual tipo de suporte elas se apresentam”, explica Edson Rossatto, editor da Andross Editora e organizador do evento.

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Sobre pegar livros emprestados de bibliotecas



Desde que eu comecei a estudar em uma escola nova, eu fui atrás para ver como era a biblioteca e se possuía algum livro que eu iria gostar. Foi paixão a primeira vista, literalmente!

A biblioteca de lá é enorme e possui muitos livros bons, desde livros técnicos até juvenis. Alguns volumes que peguei foram: A Mediadora (tem toda a série), a série completa de A Seleção, Ladrões de Elite, Desventuras em Série 1,2,3 e 4, Como Viver Eternamente, entre outros. Já deu pra perceber que existem muitos livros bons lá, não é?



Mas Bianca, porque você está me contando isso? Bom, desde que eu comecei a pegar livros lá eu não comprei mais livros. Pra dizer que não comprei nenhum eu comprei um sim, que foi A Herdeira que lançou esse mês e lá ainda não tem. Mas o que eu estou querendo dizer é que não precisa gastar dinheiro com isso quando se tem uma biblioteca da escola, curso, faculdade, trabalho ou até perto da sua casa. Não que ter uma coleção de livros seja ruim, longe disso. Porém pegar livros emprestados que outras pessoas também já leram é incrível!

Parece até exagero falar assim, mas é a verdade. Claro que existem livros mais surrados que outros, isso faz parte. E por um lado é bom ver isso, ver que aquela história já foi lida tantas e tantas vezes.

Eu fico imaginando como a pessoa se sentiu lendo aquela mesma parte do livro em que eu estou lendo. O que ela sentiu e o que a próxima pessoa que irá ler vai sentir também.

Sei que parece bobo falando assim, mas podem ter certeza que vale muito a pena pegar livros emprestados. Além de não gastar dinheiro, você ainda estará dividindo historias com outras pessoas, de uma forma indireta, mas vai.

Trouxe algumas fotos dos livros que tenho comigo que são emprestados dessa biblioteca. Tem uns bem novos, como tem uns bem surradinhos. Espero que gostem das fotos!

Ah, esse post demorou pra sair justamente por isso, na minha cidade só chove e eu queria tirar fotos na rua e não tinha como, hoje parou de chover um pouco e eu aproveitei, por isso que não ficaram tudo aquilo, mas espero que gostem mesmo assim.


"O Arcano Nove" é o segundo da série da Mediadora e está um pouco surrado por fora, porém por dentro está muito bom.


"Simplesmente Ana" que eu estava louca de curiosa para ler e não tinha coragem de comprar. Acredito que esse livro chegou a pouco tempo na biblioteca, pois está novo, sem nenhuma marca ou amassado.


"Inferno no Colégio Interno" é o quinto livro da série Desventuras em Série que eu sou loucamente apaixonada, pena que os preços dos livros são muito altos e os livros são muito finos. Por isso pego eles emprestados e vale muito a pena.

O bom de bibliotecas é que se você não dá conta de ser ler os livros que pegou e se ele não estiver reservado para outra pessoa, tem como renová-lo sem pagar multa, pelo menos é assim na maioria das bibliotecas que eu conheço.

E você, pega livros emprestados em bibliotecas ou prefere comprar? Conta pra mim :)
Até mais.

sábado, 16 de maio de 2015

Resenha: A Elite, por Kiera Cass

Livro: A Elite;
Série: A Seleção;
Autor(a): Kiera Cass;
Ano: 2013;
Páginas: 360;
Editora: Seguinte;
ISBN:9788565765121.

Em A Elite temos apenas seis garotas que restaram para conquistar o coração do príncipe, porém desde o começo Maxon já parece estar decidido.

No segundo livro da série os ataques rebeldes estão mais severos e intensos, acontecem com muito mais frequência do que em A Seleção. Até podemos imaginar o porque. Eles são contra a seleção e protestam contra isso.

America ainda está dividida entre o príncipe Maxon e o guarda Aspen. E como sempre isso me irrita muito. Ela fica totalmente chata e em alguns momentos um pouco infantil. Um hora pensa uma coisa e diz estar certa daquilo e no outro momento já está com um pensamento completamente diferente na cabeça.

quinta-feira, 7 de maio de 2015

Abandonei: Métrica, por Colleen Hoover

Sinopse: O romance de estreia de Colleen Hoover, autora que viria a figurar na lista de best sellers do New York Times, apresenta uma família devastada por uma morte repentina.Após a perda inesperada do pai, Layken, de 18 anos, é obrigada a ser o suporte tanto da mãe quanto do irmão mais novo. Por fora, ela parece resiliente e tenaz; por dentro, entretanto, está perdendo as esperanças. Um rapaz transforma tudo isso: o vizinho de 21 anos, que se identifica com a realidade de Layken e parece entendê-la como ninguém. A atração entre os dois é inevitável, mas talvez o destino não esteja pronto para aceitar esse amor.
Ok, eu acho que serei apedrejada por ter desistido de ler esse livro. Mas já me explico.

Eu, Bianca, não sou fã de romances. Já li alguns livros do Nicholas Sparks e me dava muito tédio. Os únicos romances que eu gosto são de chick-lits pelo fato de não serem aqueles clichês que estamos acostumados. Clique em continue lendo para saber o porque de eu ter abandonado esse livro.

terça-feira, 5 de maio de 2015

Li até a página 100 e..."Cinquenta Tons de Cinza"

Li até a página 100 foi criado pelo blog Eu Leio, Eu Conto. Consiste em responder algumas perguntas do livro no qual estamos lendo, achei bem legal e resolvi participar sempre (ou quase sempre) que ler um livro.

Primeira frase da página 100:
"- Nunca? - Suspira ele."

Do que se trata o livro?
Acredito que todos sabem a história desse livro. Conta a história de Anastasia que faz uma entrevista ao famoso e super bem sucedido Christian Grey. Desde aí sua vida muda por completo.

O que está achando até agora?
Nada de muito relevante aconteceu nessas 100 páginas. Estou me irritando um pouco com os personagens, porém não estou achando a escrita da autora ruim, até agora.
Eu imagino o que irá acontecer daqui pra frente, mas não vou desistir do livro, estou muito curiosa para saber o porque de as pessoas falarem tão mal.

O que está achando do personagem principal?
A Anastasia me irrita demais, muito imatura e vai na conversa de qualquer um. A semelhança com a Bela de Crepúsculo é nítida (lógico, esse livro é fanfic de Crepúsculo). Não estou gostando muto dela.

Melhor quote até agora:
Não achei nenhuma frase que fosse impactante ou que eu gostasse.

Vai continuar lendo?
Vou, estou curiosa para saber o porque de tanto bafafá desse livro.

Última frase da página:
"- Porque não me contou, porra? - rosna."

Até mais!

domingo, 3 de maio de 2015

Resenha A Mediadora - A terra das Sombras, por Meg Cabot

Livro: A Terra das Sombras;
Série: A Mediadora;
Autor(a): Meg Cabot;
Ano: 2012;
Páginas: 288;
Editora: Galera Record;
ISBN: 9788501068712.

Meg Cabot é uma autora que eu admiro muito, então trago pra vocês mais um livro que fez eu me apaixonar um pouco mais pelo seu trabalho. Esse livro é antigo, porém, só agora eu tive oportunidade de ler. Vamos conferir?

A Mediadora conta a história de Suzannah, uma adolescente que ainda está cursando o ensino médio e mora em Nova York, ou melhor, morava. Sua mãe se casa com outra pessoa (depois de anos da morte de seu pai) e ela resolve morar com esse tal cara na Califórnia, com mais três “meio-irmãos”, todos meninos.

No começo Suzannah não gosta da ideia, ela não conhece a Califórnia e tem um pouco de receio de se mudar para um lugar novo.