segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Resenha: Suicidas, Raphael Montes

Livro: Suicidas;
Autor(a): Raphael Montes;
Páginas: 488;
Editora: Benvirá;
ISBN: 9788564065574.

Vocês já leram um livro tão bom e intrigante que ficaram sem palavras e não sabem nem como começar uma resenha? É assim que me sinto após ter terminado o livro Suicidas do Raphael Montes.

Em Suicidas, temos nove jovens que sem muita explicação decidem participar de uma roleta-russa na casa de campo do Zak, um dos personagens mais ricos da história. Porém é uma roleta-russa um pouco diferente, ao invés de um só integrante morrer, todos irão morrer. E não, isso não é spoiler, já que é o título.

Esse acontecimento da roleta-russa foi uma grande notícia da época e as investigações rolaram por bastante tempo. Um ano depois do ocorrido, a delegada que estava investigando o caso chama as mães dos nove jovens para uma conversa (toda a conversa é gravada) para tentar achar esclarecimentos de o porquê eles decidiram fazer isso.

O grande ápice disso tudo é que um dos jovens, o Alessandro, escreve tudo que acontece desde o caminho á casa de campo até o momento final. E é com esse diário que a delegada vai conversando com as mães, lendo e comentando até tentarem chegarem á alguma conclusão.

"Hoje é a primeira vez que pisaremos em Cyrille's House sem a presença dos nossos pais. Também não poderia ser diferente. Não estamos indo para brincar no balanço ou nadar na piscina, enquanto nossas mães conversam sobre a última moda em Paris. Desta vez, iremos por algo muito mais sério. Nós decidimos nos matar."

O livro possui três narrativas divididas em capítulos: a conversa da delegada com as mães, o livro diário de Alessandro na hora do acontecimento e outro diário de meses e até dias antes de tudo acontecer. Ou seja, o livro é em primeira pessoa, e também em terceira. É em passado, mas também em presente. Já perceberam a loucura?

Confesso que me perdi um pouco no começo por causa dessas narrativas diferentes, porém são necessárias para o entendimento da história.

Não sei se consegui passar direito o que acontece no livro, mas é basicamente uma descoberta de o porque os jovens terem feito aquilo.

Pra quem me conhece, sabe que li Dias Perfeitos do autor e fiquei extasiada. Tive uma ótima primeira experiência com o autor e procurei ler mais coisas sobre ele, até que achei o “Suicidas”. Confesso que fiquei com um pouco de medo de ler esse livro pelo número de páginas, mas gente, parece que tinha 50 páginas, de tão rápido que passou.

O autor conseguiu me prender de um jeito que eu lia o livro na aula, nas explicações dos professores, queria saber tudo sobre a história. E sobre o final: fiquei em pânico. Imaginava tudo menos o que o autor escreveu, foi realmente chocante.

Uma coisa que não me agradou muito na escrita do Raphael Montes foi poucas explicações sobre os personagens secundários, senti falta de conhecê-los um pouco mais.

Sobre a capa: feia. Não chama minha atenção em nada essa capa. Realmente acho que a editora poderia ter caprichado um pouco mais nesse quesito. Já que a diagramação está impecável.

Em suma, o livro é ótimo para quem procura um thriller policial que prenda o leitor do começo ao fim. Não teria como dar menos que cinco estrelas pelo efeito que esse livro teve em minha vida.

Raphael Montes acabou de ganhar mais uma fã.

Classificação:

40 comentários:

  1. Oi, Bianca! Tudo bem? Eu adoro thrillers policiais e adoro a premissa desse livro do Raphael, então tenho interesse em lê-lo. Adorei a resenha! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tony, então se você gosta de livros assim, tenho certeza que vai gostar desse. Dá uma conferida :)
      Beijos.

      Excluir
  2. Oi, Bianca! Tudo beleza?

    Que resenha legal!
    Esse livro deve ser daqueles que prende sua atenção e somente consegue largar dele quando chega ao fim.
    Preciso ler este livro! :)

    Beijos!
    Irmãos Livreiros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Daniel, estou bem sim e você?
      É exatamente assim, enquanto eu não terminei esse livro eu não sosseguei.
      Beijos.

      Excluir
  3. Olá,
    Morro de vontade de ler algum livro do autor, confesso que me lembrei um pouco de As Virgens Suicidas, apesar de não ter muito em comum. Quero muito ler algum livro do autor e só o fato de você ter achado intrigante me deixou curiosa.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Inês, esse autor é realmente incrível, leia e você não irá se arrepender.
      Beijos.

      Excluir
  4. Eu já conhecia esse livro, mas nunca li.
    O escritor é bem falado, tenho vontade de ler as estórias dele.
    Esse livro me chamou muuito a atenção por causa do título, achei bem chocante!

    Beijos
    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Raissa, tudo bem?
      O escritor é muito falado mesmo, mas com toda a razão, ele é ótimo.
      Beijos.

      Excluir
  5. Eu nunca tinha ouvido falar nesse livro,
    mas agora quero muito ler,
    é bem do jeito que eu gosto
    e essa capa é demais

    Mil beijocas
    ⋙ ♥ Blog Livros com café
    participe do concurso que está rolando lá no blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sandra, antes de ler, eu também nunca tinha ouvido falar, nem boatos haha. Achei a capa feia, mas o livro vale muito a pena.
      Beijos.

      Excluir
  6. Oi Bia! Tudo bom, linda?!
    Menina que capa tensa! Digo tensa no sentido desse sangue ai... POrque realmente é feia a capa, para um enredo que parece ótimo.
    Gostei do que li, fiquei interessado.

    Bjão.
    - Diego, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Diego, tudo sim e com você?
      Realmente, a capa estraga o que o livro quer realmente transmitir, o que é uma pena. Mas dá uma conferida, o livro é muito bom.
      Beijos.

      Excluir
  7. Oi!
    Nossa, fiquei com muita vontade de ler. De verdade, a história realmente parece ser daquelas que nos prendem. Imaginei um ambiente mais sombrio. Estou com vontade de ler coisas assim nesse mês.
    Adorei a resenha!
    Beijos - Blog Historiar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thamiris, fico feliz que tenha se interessado na leitura.
      O livro é sombrio mesmo, muito bom para ler no mês do horror.
      Beijos.

      Excluir
  8. Oi Bianca! Tudo bem?
    Há tempos quero conhecer a escrita do autor e adorei saber sua opinião sobre este livro. Fiquei mega curiosa para desvendar o mistério e acho que essa mescla de passado e presente deve ter ficado ótima. No entanto, fiquei receosa com o final. Estou entrando no mundo de Thriller agora e ainda estou me adaptando rs.
    Beijos,

    http://versosenotas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bárbara, tudo sim e com você?
      A escrita do autor é maravilhosa, vale muito a pena conferir, e essa mescla é meio confusa no inicio, mas depois o leitor se acostuma.
      O final é de bastante impacto, isso podes ter certeza.
      Beijos.

      Excluir
  9. Nunca tinha ouvido falar desse livro e sou apaixonada por livros de suspense, com certeza depois de ver sua resenha, já quero ler.
    Beijos

    http://beingasunshine.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Giulia, também curto muito livros de suspense. Fico feliz que despertei sua curiosidade ;)
      Beijos.

      Excluir
  10. Todo mundo falando desse livro, eu só sei que preciso muito dele na minha coleção.
    Post it & Livros

    ResponderExcluir
  11. Uau! Adorei esse livro de coração mesmo!
    A estória é muito intrigante! Deus, joga um do céu para mim!
    Adorei a resenha!
    beijos.
    sonhardevaneios.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Anne, a história é muito boa!
      Hahaha, pois é, aproveita e joga um pra mim também, já que li emprestado ;/
      Beijos.

      Excluir
  12. Olá Bianca!
    Uau! Fiquei super curiosa e intrigada com esse livro! Adorei <3 Depois da sua resenha... Preciso rsrs
    Beijos, Nathália
    https://livrosdagarotavermelha.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nathália, leia esse livro, nesse mês é ótimo ler um livro assim.
      Beijos.

      Excluir
  13. Assim que olhei esse post e vi essa capa, já achei que não ia gostar do livro. Mas, como aquele bom e velho ditado "não julgue um livro pela capa", fui ler a resenha e adorei demaissss! Acabou de entrar pra minha booklist, sério! Sou do team chick lit, mas alguns trillers policiais são muito bons e esse realmente parece ser. Muito obrigada pela dica, hahahahaha.
    Ps.: Campanha: Editora, melhora essa capa na próxima edição, por favor!!!

    Com amor,
    Steph • http://naoeberlim.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Stephanie, você foi a prova viva de que não devemos julgar um livro pela capa, né? Hahaha.
      Thrillers me chamam muito a atenção, também adoro chick lits, mas é ótimo ler uma coisinha diferente de vez em quando.
      Beijos.
      PS: Apoio essa campanha.

      Excluir
  14. Bi, eu sou MUITO fã da escrita do Raphael, ele é sensacional!
    Acabei de ler O Vilarejo, este menino é o Stephen King brasileiro! kkk
    Beijinhos,
    Alice
    www.wonderbooksdaalice.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alice, necessito ler esse livro, tá todo mundo falando muito bem!!!
      Beijos.

      Excluir
  15. Heey!
    Nunca li nada desse autor, mas pelo visto o livro deve ser excelente <3
    Abraços!
    http://desbravando-o-infinito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gui, tudo bom?
      Esse autor é maravilhoso, a escrita dele é ótima e vale muito a pena ler seus livros.
      Beijos.

      Excluir
  16. Realmente, a capa desse livro é MUITO feia, mas vindo do Raphael, já quero lê-lo! Não vejo a hora de me deliciar com essa história, do mesmo jeito que fiz com Dias Perfeitos. E você já viu o novo lançamento dele, O Vilarejo? Também estou bem ansiosa para ler!

    Beijos,
    http://daniperere.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dani, tudo bom?
      Concordo com você, essa capa é horrorosa, mas fazer o que né? O que vale é o conteúdo.
      Dias Perfeitos foi o primeiro livro que li dele e foi igualmente incrível, não consigo dizer qual dos dois livros é melhor.
      Ah, não vejo a hora de ler O Vilarejo <3
      Beijos.

      Excluir
  17. Olá, Bianca! Devo confessar que esse gênero não é um dos meus preferidos, mas a história me chamou muito atenção. Adorei a resenha, muito explicativa!
    Beijos, Bruna
    (oultimo-livro.blogspot.com)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruna, ah que pena, mas se algum dia você tiver oportunidade, leia o livro, é ótimo!
      Beijos.

      Excluir
  18. OLÁ, BIANCAAAAAAAAAAA <3

    Já tinha ouvido falar desse livro, muito bem, inclusive. Esse ano eu li duas histórias sobre suicídio (Por Lugares Incríveis e Eu Estive Aqui) mas essa, em especial, eu quero e não quero ler. Primeiro, porque acho que não teria estômago pra esse livro, de verdade. E, segundo, mesmo sendo bem instigante, porque ele parece abordar o tema de uma maneira mais macabra (o que se encaixa no primeiro motivo, mas quem liga?). Agora o Dias Perfeitos eu tenho curiosidade de ler, acho que é por causa da capa. Vou procurar saber sobre o que é!

    Abraços,
    Alfrêdo - http://www.paginou.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá pessoa felizzzzzzzz.
      Quero muito ler Lugares Incríveis, inclusiva não sei porque ainda não li.
      Dias Perfeitos é tão bom quanto Suicidas, então vale a pena ler também, já que você talvez não teria estômago para ler Suicidas.
      Beijos.

      Excluir
  19. Oi, Bi

    Nossa, eu tinha perdido essa resenha! Adorei! Realmente a capa é bem feia, se eu visse o livro na livraria eu nem pagaria na mão pra ler a sinopse.
    Achei o enredo bem interessante.
    O livro é realmente bem grandinho, mas quando o livro conquista a nossa atenção o tempo passa e a gente nem vê, né? hahahaha

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tamires, essa capa não agrada ninguém, incrível isso. Se a editora tivesse caprichado, com certeza atrairia mais leitores.
      É bem isso que você falou, o livro passou em um piscar de olhos, de tão bom que foi.
      Beijos.

      Excluir
  20. Estou louca pra ler alguma coisa do Raphael Montes, Bia.
    Vou começar por O Vilarejo, mas Suicidas é outro título que muito me interessa...
    Bjs*.*
    MaH

    O que disse, Alice?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mah, Raphael Montes é um grande autor e vale a pena todo o reconhecimento.
      Beijos.

      Excluir